Saterdag, 03 Augustus 2013

DA SUBERSÃO NAS CONSOANTES MUDAS EM LETRAS MAGRAS MAS GRAÚDAS OU COMO SOIA DIZER-.SE O CON SOANTE VOGA IMPANTE DE LEVANTE A LEVANTE SEM VELAME NEM SEXTANTE

e na oliveira olival
que em Lisboa havia
o messias que alegria
alevantado num jornal
pregava a bem ou a mal
e assim todo impante
Marx leva-nos a salvamento
comendo todos nós d’avante
e não tendo muito tento
vivemos momento a momento
morremos de lamento em lamento
somos um povo de vento
jogamos do que é emprestado
vogamos no tempo passado
em areias que dão pargos
em desertos muito largos

de proa bem emproada
vai a nau bem mal mandada
e se o vento escasseia
rema-se na aberta veia
de Lisboa até Seia
há autarcas na ameia
pois Marx só premeia
quem lavra seara alheia
e saqueia quem saqueia


Geen opmerkings nie:

Plaas 'n opmerking